Atletas Cegos Brilham na Finlândia e ganham Ouro para o Brasil

Nove Brasil, um Finlândia. Este foi o resultado da final do mundial de Goalball, realizada hoje pela manhã, na sede do evento. Enquanto o Brasil assistia às quartas de finais da Copa do Mundo de futebol, Nossos para-atletas se preparavam para a vitória, para trazer o ouro para o Brasil, numa lavada que apenas permitiu aos donos da casa um único gol.Um detalhe? Os atletas da seleção de goalball são cegos. Esse é mesmo apenas um detalhe. Os meninos jogaram muito bem e conquistaram com garra o mundial.

Cento e sessenta atletas cegos participaram deste Mundial de Goalball, que em sua décima edição, teve início no último dia 30 de junho, na Finlândia, reunindo dezesseis seleções no goalball masculino, e doze seleções no feminino.

Em tempos de Copa do Mundo, em tempos em que fatos desportivos ganham alto valor de noticiabilidade, é provável que o feito dos atletas brasileiros cegos nem seja noticiado na mídia tradicional. Na página da Confederação Brasileira de Desportos para Cegos, CBDV, a notícia estava estampada desde as primeiras horas da manhã de hoje, e dizia: “SIM, SOMOS CAMPEÕES DO MUNDO!

O Goalballl masculino brasileiro deu um show no ginásio Tapiola, em Espoo, na Finlândia, e venceu os donos da casa por 9 a 1.

Com a conquista o Brasil alcançou o topo do Mundo pela primeira vez na história.”!!!

A conquista no feminino também não é de se desprezar. Ficou entre as cinco melhores seleções participantes.

O goalball, modalidade desportiva criada inicialmente para vítimas de guerra que perderam a visão, é, ao lado do futsal para cinco, um esporte que mobiliza atletas cegos do mundo desde a década de sessenta. Em nosso país, o desporto para cegos é organizado pelo Comitê Para-olímpico e pela CBDV, atualmente presidida pelo desportista carioca sandro Laina soares.

Na seleção brasileira de goalball, vitoriosa na Finlândia, a Paraíba também brilha. Os atletas Lemon e Diego Romário, jogam habitualmente no time da Associação Paraibana de Cegos, Apace. Lemon foi o artilheiro desse mundial, com cinquenta gols, emquanto que Romário Diego fez trinta gols. José Roberto, integrante do time de Goalball do Instituto dos Cegos Adalgisa Cunha, , também da Paraíba, jogou bem para ganhar o ouro.

Eis aqui um condimento a mais para empurrar o Brasil para uma final vitoriosa da Copa do Mundo 2014. Que essa vitória do Goalball também chegue até Neimar, como um grito de #ForçaNeimar, forte e competente. Parabéns à CBDV, parabéns aos atletas cegos do Goalball brasileiro!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s