As Coisas do Arco do Velho

O velho Temer não tem medidas para a implementação do seu projeto de recuo do país a um estado anterior ao tempo em que ele ainda era jovem, a pobreza e a desigualdade só cabiam em discursos de alguns religiosos progressistas, a política era realizada por senhores oligarcas, negociantes de café, de ouro, e da agropecuária.

O estado brasileiro na era Temer, vai ficar tão pequeno, ao ponto de caber num fusca. O apequenamento começa com a chamada “Pec do fim do mundo”, congelando os gastos primários por vinte anos, e prossegue com avidez nos processos de privatização, nos cortes brutais dos orçamentos da saúde, da educação, da ciência e tecnologia.

No país do velho Temer, a reforma trabalhista só tem a retórica de que é uma legislação moderna. Dissolvem-se as estruturas clássicas de proteção dos trabalhadores, é bem verdade, mas  eles, num passe de mágica, convertem-se em vendedores de horas. Os horalistas, transitando de empresa em empresa, ofertando horas de fim de semana em quiosques ou postos voláteis de trabalho, porque a chamada indústria nacional também deixará de existir, subsumida em grandes fusões mundiais do capital global.

Não têm medida, as coisas do arco do velho. Extinção da cultura, desmantelamento das políticas públicas de comunicação, facilitação da prática do trabalho escravo, essa terrível praga que por tanto tempo empestou a América Latina, e que no Brasil, demorou muito mais do que em qualquer lugar para ser abolida.

Com a boca cheia de mesóclises, avança sobre os planos de saúde dos mais velhos, permite os aumentos de gás de cozinha e combustíveis, extingue as farmácias poulares e corta medicamentos de alto custo para doenças raras.

Como um velho trem desgovernado, o país segue em marcha ré, aos arrancos, recuando a um tempo em que a política se fazia à base do compadrio, doapadrinhamento, da constituição de um grupelho minoritário orbitando em torno de privilégios, troca de favores, subordinação da maquinaria do estado aos seus interesses.

De vice presidente decorativo a desmantelador da república, o velho Temer demonstra uma coragem inflexível para fazer o que tem de ser feito. Pouco lhe importam os menos de três por cento de popularidade, aferrado ao seu posto de destruidor de um projeto de Brasil democrático,  vai manejando as forças que o apoiam, vai torcendo a manivela do tempo, para trás, sempre para trás, na reconquista de um país antigo, subordinado ao capital estrangeiro, entregando suas comodities à exploração mundial.

No país velho onde Temer governa, não cabem as descobertas científicas do beneficiamento de urânio, ou a participação da física paraibana no experimento do século: A captação da explosão entre duas estrelas de newtron, ocorrida há mais de cento e trinta milhões de anos e que somente agora pôde ser observada.

No velho país onde Temer governa, o arco estreita-se sempre para trás, enquanto ele e a sua força de apoio comemoram seus feitos em jantares palacianos, entregando à população um cinismo sem medidas.

Anúncios

2 thoughts on “As Coisas do Arco do Velho

  1. Pois é, infelizmente nosso país jamais teve um govenro sério, que não olhasse apenas para o próprio umbigo, beneficiando apoiadores para se manter no poder.
    Em pouco mais de 517 anos de história só vemos o corporativismo, independente de quem esteja no poder.
    Sarney assumiu sendo que a nossa constituição determinava novas eleições.
    Collor tentou de todas as formas se agarrar no poder distribuindo verbas de emendas.
    Dilma tentou articular com o Congresso para não ser cassada, só não teve sucesso devido a baixa popularidade e ao clamor das ruas.
    Agora a raposa Temer vende a alma para se manter até o final de 2018, fazendo todas as concessões possíveis e imagináveis.
    Isso é a política e os políticos que temos e colocamos lá.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s